© António MV

ANABELA ALMEIDA e SARA DUARTE – Single Story, uma conferência em forma teatral

Centro Cultural de Lagos*
Ter 17 OUT, 10h30 e 14h30
Teatro das Figuras, Faro
Qua 25 OUT, 10h00 e 11h30

Teatro / 70' / M12 / 3€* / 5€
Lotação limitada a 2 turmas

Este espectáculo é uma conferência sobre a história única. Uma história única é o único relato que consideramos como certo ou como sendo a única possibilidade para um determinado acontecimento.
A história que aprendemos na escola fala de heróis, reis e rainhas, almirantes, e outras figuras que pela sua acção ou pensamento ficaram descritos na história, na sua grande maioria homens e que já morreram há algum tempo. É uma história única, oficial, com pompa e circunstância.
E se a história pudesse ser contada por pessoas comuns, como nós e vós?
Na nossa conferência partimos de histórias que conhecemos bem, as nossas histórias. Cruzamos as nossas histórias com as histórias de outras pessoas e com a história de um país, ao longo de um determinado tempo, o tempo da nossa vida.

© Susana Pomba

Anabela e Sara, amigas desde a adolescência, contam em simultâneo e em formato de conferência as suas histórias de vida e como essas histórias individuais e pessoais se cruzam com a História de um país, em particular como foi vivido o 25 de Abril de 1974 e as repercussões que teve nas suas vidas.
Falam também das expectativas que a família e a sociedade dos anos 70 do século XX tinham para as mulheres, contam como se conheceram no teatro e como a opção de serem actrizes influenciou as suas vidas. Mostram as escolhas que fizeram ao longo da vida.
Duas amigas que cruzam um período de tempo das suas vidas com um período de tempo da História do seu país.


Concepção, texto e interpretação: Anabela Almeida e Sara Duarte
Apoio à Dramaturgia: Alfredo Martins
Fotografia de Cena: António Leitão e Susana Pomba
Fotografias: António MV e Carmen Vasconcelos
Produção: Teatro meia volta e depois à esquerda quando eu disser
Co-produção: Maria Matos Teatro Municipal

Anabela Almeida – Moçambique, 1968. Tem o Curso de Formação de Actores e Licenciatura em Teatro e Educação pela ESTC. Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas. Foi actriz no Teatro da Garagem entre 1993 e 2001. É actriz na mala voadora desde a sua fundação em 2003. Desde 1997 desenvolve projectos artísticos e pedagógicos dirigidos a um público infantil e juvenil. Artista associada do teatro meia volta e depois à esquerda quando eu disser.

Sara Duarte – Lisboa, 1972. Curso de Formação de Actores de Teatro pelo Instituto Franco Português. Licenciada em Psicologia Clínica. Integrou o Teatro da Garagem e o Pogo Teatro. Desenvolve desde 1997 projectos artísticos e pedagógicos dirigidos a um público infantil, juvenil e a professores. Artista associada do teatro meia volta e depois à esquerda quando eu disser.