ANA BORRALHO & JOÃO GALANTE – World Of Interiors

Teatro das Figuras / Thu 27 October - Durational Performance from 21h30 to 23h30
CO-PRODUCTION TEATRO DAS FIGURAS
© Vasco Célio

© Vasco Célio

World of Interiors is a performance / installation where the audience is confronted with a disquieting image: people lying on the floor, eyes closed, apparently motionless. It seems that nothing is happening.

In this emptiness we have no choice but to act, to approach, to intrude into the intimacy of the bodies lying before us. In this intimacy, we are caught off guard by the whispered words of Rodrigo Garcia texts.

In this performance the audience can enter and leave the space at will. He or she has the liberty to define how long to remain inside, whether to stay with one performer or move on to another one.

Concept, artistic direction and light design: Ana Borralho & João Galante
Performers: 15 / 20 local performers
Artistic Assistants: Cátia Leitão (Alface), Tiago Gandra
Text: Fragments of theater writings of Rodrigo Garcia
Translation and dramaturgic collaboration: Tiago Rodrigues
Artistic consultancy: Fernando Ribeiro
Light consultancy: Thomas Walgrave
Production: casaBranca
Co-production: alkantara festival 2010, Museu Colecção Berardo, Útero / Espaço Land, Centre National de Danse Contemporaine Angers
Support: Atelier Real, Grande Cena, IEFP, JGM, VôArte, Centro de Reabilitação e Paralisia Cerebral Calouste Gulbenkian, TNT / Manufacture de Chaussures-Bordeaux
Artistic residency: CNDC – Centre National de Danse Contemporaine Angers
Support for the première in Lisbon: Départs, Culture Programme of the European Union
Thanks: a todos os performers que participaram no projecto nas suas diversas fases

Performance held with 15 / 20 persons of the local community (with or without performative exeperience)
WORKSHOP: 22 – 26 October

REGISTRATION / INFORMATIONS
Tel: 289 888 100
Email: geral@teatromunicipaldefaro.pt / andrea.sozzi@casabranca-ac.com

Conheceram-se enquanto estudavam artes plásticas no AR.CO (Lisboa).
Como actores / co-criadores trabalharam regularmente com o grupo de teatro OLHO (com o encenador João Garcia Miguel), entre 1992 e 2002.
Desde 2002 trabalham em parceria nos campos da performance-art, dança, instalação, fotografia, som e vídeo. Das peças criadas em conjunto destacam: Mistermissmissmister (2002), I love you (2003), No Body Never Mind (2004-06), sexyMF (2006), I put a spell on you (2007), Meatphysics (2008), Untitled, Still Life – em colaboração com Rui Catalão (2009), World of Interiors (2010), Atlas (2011), Linha do Horizonte (2012), Purgatório (2013), Aqui estamos nós (2014) e Só há uma vida e nela quero ter tempo para construir-me e destruir-me (2015).
Desenvolveram conjuntamente com Mónica Samões o projecto No Jogo do Desejo ou o Choque Frontal (workshops / ateliers para público jovem – 2008), a realização do vídeo documentário Eu Não Tu (2009) e o espectáculo infanto-juvenil A Linha ou O Deserto já não é uma casa vazia (2009).
Em 2010 o Teatro Municipal Maria Matos apresentou uma pequena antologia das suas performances sob o título O Mundo Maravilhoso de Ana Borralho & João Galante.
Desde 2004 que os seus trabalhos são apresentados em diversos Festivais Internacionais em Portugal, França, Espanha, Suíça, Escócia, Brasil, Emiratos Árabes Unidos, Japão, Alemanha, Áustria, Reino Unido, Itália, Eslovénia, Eslováquia, República Checa, Finlândia, Hungria, Estónia, Polónia, Grécia, entre outros.

São membros fundadores da banda de não-músicos Jymmie Durham, co-fundadores da associação cultural casaBranca e directores artísticos do festival de artes performativas Verão Azul.