© José Jesus

FLÁVIO MARTINS e JOSÉ JESUS – Orelhas de Burro

8100 Café - Parque Municipal de Loulé / Qui 11 NOV 18h30 + 20h30
Performance Sonora / 40' / M12

Preço único 5€ - COMPRAR
40% Música / 30% Autonomia / 30% Contemplação

Espectáculo seleccionado através de convocatória a artistas locais que participaram no Programa de Formação Artística desenvolvido pelo Verão Azul em 2020.

Dois músicos estão separados fisicamente no mesmo espaço geográfico. Podiam estar juntos, mas não estão. Costas com costas. Será castigo? Não ouvimos nada. Cada um deles emite uma frequência que o outro pode ouvir.

O público é chamado a sintonizar cada uma das suas frequências ou uma terceira onde se emite a soma das duas. Provocando um triangular de omissões e comunicações. 3 escolhas 3. Ao escolhermos ouvir 1 ficam 2 de fora. Nada é repetido nem “repetível”. Tudo é possível, nada é seguro.


Co-criação e interpretação: Flávio Martins e José Jesus
Olhar Crítico: Miguel Bonneville


Flávio Martins fez ruído e muitas outras coisas. Depois de vinte anos fora de Faro, voltou para a terra que o viu nascer. Continua a fazer ruído e muitas outras coisas.

José Jesus fazia playback do Rui Veloso com uma guitarra de pau até aprender a tocar numa a sério. É artista plástico e músico. Vive e trabalha em Faro, onde nasceu.